segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Leia hebraico em uma semana! #3 - As Vogais

Como já vimos, o alfabeto hebraico é composto de consoantes apenas. Houve uma época, porém, que a língua hebraica corria risco de ser extinta, e portanto surgiram muitos judeus conservadores chamados "massoretas" (o nome vem de massorá, tradição), que trataram de desenvolver sinais vocálicos e outros sistemas, de forma que a bíblia pôde chegar até nós tal como está. Aproveito para falar em poucos termos que absolutamente todas as versões bíblicas que temos (ou ao menos as mtradicionais) baseiam-se no texto editado pelos massoretas, isso quer dizer duas coisas: devemos aos judeus ortodoxos e para entender a bíblia precisamos conhecer o contexto associado à edição judaica, o que vai muito além de meras questões linguísticas¹

Bem, com o perdão dessa longa introdução, os sinais vocálicos são pontos ou traços que se colocam junto das consoantes. Como trata-se isso apenas de noções básicas, vamos nos limitar a dizer que as vogais são divididas em longas e breves, e algumas vogais aparecem sempre juntas de consoantes, sendo que o leitor não deve se preocupar com isso, bastando memorizar os sinais da tábua. Ela está organizada de tal forma que os sinais vocálicos estão exatamente junto de suas correspondentes portuguesas tal como estão em relação às letras hebraicas. Em azul, as vogais breves. Em vermelho, as longas.




Na esperança de ter o leitor compreendido, resta ensinar de como se juntam as vogais às consoantes, e já será possível ler muita coisa em hebraico! Digo muita coisa porque faltarão uns detalhes que entrarão numa última postagem. Tenha à disposição as duas tabelas: consoantes e vogais e tente ler algum texto em hebraico que tenha transliteração para você conferir. deixarei palavrinhas fáceis de identificar para você tentar ler:

Se decifrou, parabéns!

OBS.: Essa postagem foi atualizada em 20 de Janeiro de 2013






1 vide o artigo "você conhece a bíblia de fato?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário